Revisão das IG 10-42

Brasilia – O Estado-Maior do Exército realizou a revisão das Instruções Gerais para a Correspondência, as Publicações e os Atos Administrativos no Âmbito do Exército (IG 10-42), com o objetivo de atualizá-las, alinhá-las com as publicações da Presidência da República, Ministério da Defesa e da Administração Pública em Geral, agilizar a tramitação e racionalizar o número de documentos oficiais.
Dentre as principais mudanças, está a divisão das Instruções Gerais em três partes distintas. A primeira trata da Correspondência e define o Ofício como único documento oficial externo do Exército. Cria o DIEx (Documento Interno do Exército), que atenderá às demandas da instituição e substituirá a parte, o memorando, o ofício interno, a mensagem direta, o encaminhamento, a restituição, a guia e o fax. Redefine a Memória como principal documento de apoio à decisão e cria o Formulário Padronizado, destinado a otimizar procedimentos operacionais e administrativos internamente nas organizações militares. A mensagem eletrônica será substituída pelo correio eletrônico, que inicialmente será apenas informativo, como resposta a mensagens e definição de rotinas de trabalho.
A segunda parte aborda as Publicações, com a adoção de um indicativo (o C 100-5 – Manual de Campanha de Operações – será alterado para EB 20-MC-10.005) que permita um melhor reconhecimento externo, padronizado para todo o Exército. Institui, também, um maior controle das publicações, definindo melhor a situação de cada uma, caso tenha sido revogada, atualizada ou se continua em vigor.
A última parte se refere aos Atos Administrativos. No geral, ela busca a conformidade com a parte que trata da correspondência e adota o NUD (Número Único do Documento), permitindo, assim, um maior controle da gestão documental da Força.
A revisão das IG 10-42 atinge cerca de 50% da documentação oficial do Exército. As mudanças preveem, ainda, a utilização do papel offset 100% reciclado e da Ecofonte, que é um estilo de fonte de texto capaz de economizar até 12% de tinta nas impressões, buscando, com essa medida, otimizar ainda mais a gestão administrativa. As mudanças entrarão em vigor em vigor a partir de janeiro de 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário