PORTA-AVIÕES SÃO PAULO VIRA ATRAÇÃO TURÍSTICA EM SANTOS

Porta-aviões São Paulo continua aberto para visitação

A expectativa dos primeiros ocupantes da fila, que se estendia no começo da tarde deste sábado, por mais de um quilômetro, só não era maior que o 266 metros do porta-aviões São Paulo (NAe A-12). A curiosidade não é para menos: a cidade sobre as águas pertencente desde 2000 à Marinha do Brasil é um dos 20 navios-aeródromos a navegar pelo mundo.
E apenas dez países contam com este tipo de embarcação em suas Forças Armadas. E o Brasil é o único da América Latina a possuir um porta-aviões.

A embarcação responsável pela defesa da costa nacional está aberta à visitação das 13 às 18 horas, nos armazéns 30 e 31 do cais santista. Por uma hora e acompanhados de um guia, os visitantes vão poder caminhar onde pousam e de onde decolam as mais de 30 aeronaves do porta-aviões. Segundo a Marinha, a visita incluirá uma passagem pelos hangares (onde ficam estacionadas as aeronaves) e pelo convés de voo (pista de pouso), o coração do São Paulo, com 260 metros de comprimento. Os visitantes serão, inclusive, transportados no mesmo elevador que carrega os aviões e helicópteros.
O local tem a infraestrutura de um município de 15 mil habitantes e o centro de controles de um aeroporto
“É uma oportunidade única”, destaca o químico aposentado José Chisté. Ele foi um dos primeiros garantir a visita gratuita pelos hangares (local onde ficam as aeronaves) e os cerca de 260 metros de pisa de voo. O acesso ao convés da maior embarcação deste tipo do hemisfério sul é feito por elevadores, os mesmos equipamentos que levam os aviões à pista de decolagem.
“Tenho paixão por aviões e navio desde a infância. Afinal, qual criança não gosta”, afirma o aposentado. De embarcações da Marinha, ele recorda ter visitados todos que ancoraram no cais santista. “Vim até quando o Navio Escola norteamericano aportou em Santos. Uma pena que, naquela ocasião, não foi permitida a visita”.
Pela terceira vez no Porto de Santos, o porta-aviões São Paulo já fez parte, em 2001 e 2002, da história de milhares de pessoas, que tiveram a chance de registrar a passagem do navio pela Cidade. Alguns, inclusive, puderam fazer a primeira foto da embarcação, depois que ela foi incorporada à Armada no complexo santista, há dez anos.
Ao retornar a Santos, o São Paulo vai fazer com que santistas e turistas resgatem esse passado. Alguns, antes crianças e hoje adultos, ao ouvirem sobre a chegada do porta-aviões, logo vão relembrar da visita feita à embarcação, na companhia da família, quando foram surpreendidos pelas características do São Paulo.
Se você faz parte desse público, envie para A Tribuna uma foto do São Paulo. tanto em suas escalas em 2001 e 2002 quanto em sua passagem atual pelo Porto de Santos. As melhores imagens serão publicadas no portal de A Tribuna On-line. As fotos devem ser enviadas para o email digital@atribuna.com.br.
As imagens vão mostrar a visão do público, que poderá conhecer o “novo” São Paulo, que passou por um longo período de reparos e modernização para atender a Marinha por mais dez anos.
A Tribuna On-line

Nenhum comentário:

Postar um comentário