Militares do exército são roubados em Campina Grande do Sul

Ônibus que trazia para Curitiba 42 militares da Força de Pacificação do Complexo da Maré, no Rio, foi roubado na BR-116

Um ônibus com 42 militares do 20º Batalhão de Infantaria Blindado, do Bacacheri, em Curitiba, foi roubado em Campina Grande do Sul, durante a madrugada desta segunda-feira (19). Eles voltavam do Rio de Janeiro, onde participavam da Força de Pacificação do Complexo da Maré. Segundo aPolícia Rodoviária Federal (PRF), os assaltantes levaram carteiras, celulares e relógios das vítimas.
De acordo com a PRF, a ocorrência foi registrada às 2h15 – no Km 1 da BR-116. Segundo relato repassado pelas vítimas aos policiais federais, quatro homens teriam emparelhado um Peugeot com o ônibus e dado ordem de parada. Três deles, então, entraram no fretado e ordenado que o motorista seguisse a viagem.
Durante o percurso, ainda segundo a PRF, os assaltantes recolheram os pertences pessoais dos militares. Apenas uma das vítimas estaria armada. Mas o revólver não estava à mão e também não foi localizado pelos suspeitos.
Aos policiais federais, as vítimas contaram que os assaltantes não perceberam que se tratava de um ônibus fretado pelo Exército. O registro da ocorrência foi realizado no Posto da PRF de Taquari, no KM 56 da BR-116. O roubo também foi registrado na Delegacia de Campina Grande do Sul.

A assessoria de imprensa do Exército não foi localizada pela reportagem para comentar o ocorrido.
Gazeta do Povo/ Noticiário Militar

=========================================
Alguns comentários no site da Gazeta do Povo mostram a indignação da população com a violência em nosso país; outros, como já era de se esperar, ridicularizam e fazem graça com o Exército.




Nenhum comentário:

Postar um comentário